Wednesday, December 10, 2008

A Shot at Love With Tila Tequila

Ando numa onda, sabe-se lá porquê, de trash TV (que é como quem diz, lixo televisivo). As pessoas sabem que eu sou uma pessoa com gostos de qualidade. Aprecio bom cinema, sigo umas quantas séries, todas geralmente bem recebidas pela crítica e/ou pelo público. Até falo sobre os meus bons gostos aqui no blog! Tipo aqui ou aqui. Talvez seja falta de Lost. Talvez sejam saudades das férias ou da simplicidade de ser pita e poder ver a porcaria que me apetecesse, porque não havia trabalhos para fazer ou testes para os quais estudar. Coisas assim, fáceis. Não sei.

Sei que, de repente, a fome dos reality shows bateu a esta porta. Quão triste é isto? Não, a sério. Até eu me embrulho na minha própria vergonha. Pior, o lixo televisivo não se limita à realidade falsificada...

Tudo começou com Project Runway. Que não faz mal a ninguém! Toda a gente que apanhe um episódio fica fã daquilo! Quer dizer, como é possível resistir a desafios mirabolantes para a criação de roupa e ver a criatividade absurda daquelas pessoas? Eu fico verdadeiramente fascinada a ver as roupas fantásticas que dali saem (ou as peças de extremo mau gosto volta e meia). Sou fã fiel da programação da SIC Mulher de 2ª à 5ª, às 21.30h.

Que termina mesmo a jeito de eu ver a outra bodega em que me meti agora... For all the wrong reasons. Juro que eu não seguia um programa da SIC regularmente desde... nem sei. Acho que desde que via a série dos Arrepios, que dava antes dos programas dos animais aos fins-de-semana de manhã. E isso não é bem um programa da SIC, apenas dava na SIC. Mas pronto, uma pessoa tem de estudar, na cozinha não há canais de jeito, acaba Project Runway e o que se põe ela a ver? A novela da SIC, ah pois é. Podia Acabar o Mundo. Pois podia, sim senhora. Digamos que, vá, é melhor do que costumam ser as novelas da estação de Carnaxide. Ou não tivesse a Joana Seixas, a Custódia Gallego, o Diogo Morgado, o Vergílio Castelo, a Ana Padrão, a Adelaide Ferreira (fabulosa, btw), o João Reis... E acho que de bons actores é isso. Sim, é. Já agora, se por acaso apanharem algum episódio, façam como eu e joguem ao "caça ao acne!" quando a Cláudia Vieira aparecer no ecrã.

Mas se pensavam que eu não podia descer mais baixo... Enganaram-se.

Em minha defesa, a primeira vez que o meu queixo caído e o meu ar chocado pousaram os olhos na MTV com este programa a dar... Fiquei abismada. Fiquei mesmo. Nunca pensei que fosse possível criar-se um programa tão ridiculamente mau!


Nunca ouviram falar? Eu passo a explicar. Há uma mulher, que é uma modelo pseudo pin-up, pseudo porn star, altamente conhecida nos circuitos do MySpace que se chama Tila Tequila e por acaso é bissexual... Diz ela que não sabe se quer um homem ou uma mulher e que anda à procura do melhor para ela no que diz respeito ao amor.

Qual a solução para este problema? Arranjar um reality show onde se metem 16 homens heterossexuais a lutar contra 16 mulheres lésbicas/bissexuais pela atenção da "diva". Olha que bonito... Os homens bissexuais não têm direito?

Nem sei por onde começar a dizer os horrores que vão neste programa... Mas o princípio é uma boa ideia.


Esta é a Tila Tequila. Quanto a vocês não sei, mas eu não a acho nem particularmente bonita nem sexy por aí além. Era preciso pagarem-me para eu ir competir com 31 caramelos e caramelas pela atenção desta criatura. Aliás, acho que se eu alguma vez me candidatasse a tal terror, era para ver qual dos 16 homens ou das 15 mulheres me interessava mais e borrifava-me um pouco para a Tequila.

Ora bem... Além de a Tila não ser a mulher mais visualmente interessante do Mundo, tem uma personalidade que deixa a desejar... Quer dizer, tem de ter o desejo e atenção de todos? É proibido eles envolverem-se uns com os outros? E vai ela e curte com toda a gente? Eles têm de lutar e fazer sacrifícios por ela enquanto que a única coisa que ela dá em troca é encontros a 2 ou 3 (que muitas vezes têm apenas minutos)? Sou só eu que vejo o quão terrivelmente desequilibrada seria uma relação com uma pessoa tão egocêntrica?

Mas avancemos. Previsivelmente, o programa está repleto de idiotas. Homens e mulheres! Há uns quantos deles que são homofóbicos. E há uns quantos deles que não acreditam em lésbicas, que acham que elas não podem saber se nunca estiveram com homens. Fora os que passam o tempo depravados a apreciá-las e a lutar pelo ménage à trois. Elas, não sei se são melhores. Não são heterofóbicas, mas são anti-homens! "Ai que nojo, que horror!" ou "Não consigo partilhar uma casa com aqueles seres nojentos!". A sério, isto para mim é um preconceito tão mau quanto a homofobia. Se a ideia é sermos todos iguais (ou todos aceitarmos as diferenças na união da espécie: o ser humano), como se pode esperar igualdade se se trata os diferentes (mesmo que estes sejam a maioria) como se fossem monstros?

Assim como cereja no topo do bolo, a maior parte deles e delas são feios e bem feios. Quer dizer... Isto é o meu lado fútil a falar, mas gosto de ver gente gira na TV. Então quando o programa não presta... É melhor que haja algo para me entreter a visão!

Porque aturo então eu isto, perguntam vocês. Ora pois porque há três pessoas fofinhas naquela casa que eu gosto de seguir e Deus sabe que eu sou completamente vendida por pessoas/personagens que me atraiam.

Há a Dani...


...que é simplesmente a camiona mais fofa de sempre! Sabe Deus que este tipo de mulheres traz-me arrepios à espinha (e não dos bons!), mas com a Dani isso fica esquecido nos cantos obscuros do meu próprio preconceito! Mais, ela é uma forte candidata a pessoa mais fofa de sempre!

Depois temos o Domenico...


... Que é tão divertido, tão genuíno, tão cómico, tão inocentemente irresistível com o seu sotaque italiano e as suas palhaçadas... Que uma pessoa tem noção que a Tila não quer saber dele para nada, mas quer o homem no programa de qualquer forma!

Também gosto da Amanda e do Bobby. E até simpatizo com o Ryan, nem sei bem porquê. Bem, tem um corpo assim de deus, é verdade, apesar de estar a dever umas quantas quantias à beleza. Mas não sei. Acho que é a integridade dele. Se ignorarmos o programa desgraçado em que está, bem entendido.

Mas vá, vou deixar-me de tretas. O único motivo pelo qual realmente suportei este programa durante 7 episódios foi apenas este:



E ponho o vídeo porque a Brandi perde metade da piada se não se tiver noção da voz imensamente sexy que acompanha o já de si nada mau físico. Há que acrescentar que eu sou assim a total sucker por pessoas de histórias tristes e vidas complicadas e todas fucked-up in the head. O que apenas aumenta exponencialmente o meu interesse pela Brandi. Quando a moça saiu do programa devido à porrada que levou de outra concorrente... Bem, para quê torturar-me a assistir aos risinhos e seduções falsas da Tila?

Não vejam, a sério. Mas a Brandi vale a pena espreitar.

MJNuts

10 comments:

Mia said...

"Caça ao acne" LOL a minha tv tb anda sintonizada na novela PAOM não por já não achar abominavelmente estupidificante qualquer produção do estilo, mas pra ver como é tratado o mui aguardado casal diana chaves-ana guiomar... mais uma treta, provavelmente. mas há k louva o Virgílio, you know, o Castelo, por abordar o tema "como outro qualquer", sem "militância" (palavras do senhor. do Castelo, nao DO Senhor ;)

É sempre um belo texto que sai da Tretas, gosto ;)

Mia said...

Ah, e esqueci me de mencionar k finalmente se lembraram de juntar a bomb-shell cláudia vieira ao macho-alfa diogo morgado. e, para meu espanto, a sra. até nem é má actriz ;)

Suka said...

E chamas-me a mim ser culturalmente inferior??? reflecte sobre isto!

Morcegos no Sótão said...

Chamo-te ser culturalmente inferior, sim senhora! Quer dizer, entretanto melhoraste, é um facto. A diferença está em que o meu ser acede a imensa cultura e, no caso específico aqui tratado, enveredou por um caminho do mal! Não deixei de ver coisas que interessem, cinema ou televisão! Mas pronto, abri espaço na agenda para a desgraça.

Tu, pronto. Já não é tão mau, já não é tão mau. Mas continuas a ser uma sorvedora passiva de cultura. :P

Oh Mia, Cláudia Vieira boa actriz? Eu não acho muito, mas pronto. Convenhamos que o texto que lhe passam para a mão é bastante assustador... Mas vá, temos de ser compreensivos. lol

MJNuts

Twin said...

Eu só sei que o programa é tão mau é tão mau, mas teve direito a um post do tamanho do mundo. Não posso garantir isto porque não conformei: mas acho que é maior que o de Lost!!

Mas atenção,depois de descrever tudo e todos do programa, no fim ainda diz: Mas não vejam a sério!

To said...

Sobre isto, tenho a dizer que no outro dia descobri a palavra "sapatona". :P

Morcegos no Sótão said...

O post foi gigante para disfarçar a ênfase que queria dar à Brandi...8)

To! Bons olhos te (re)vejam!

MJNuts

Guess said...

LOL

Foi muito bem disfarçado, I guess ;P

Eu acho fascinante esta nova tara da MJ! E convenhamos que a Brandi, vá... she really is HOT!

Mia said...

"Até nem é má actriz" não = a ser "boa actriz", mas realmente, todos mas todos parecem mto maus actores nestas "nobelas"

Morcegos no Sótão said...

Yeah, she is hot in a trashy way...^^ Can't help loving it!xD

Epah, a Cláudia Vieira eu acho um pouco duvidosa como actriz, mas há ali uns quantos que se safam bem... É claro que ser actor de novela não dá tanto espaço a grandes interpretações (para isso era preciso os argumentistas serem um pouco melhores que, passe a expressão, "uma trampa pegada").

Eu adoro a Adelaide Ferreira como Mercedes, apesar da personagem ser dos bad guys. O papel da Custódia Gallego é uma idiotice, mas ela é uma actriz fabulosa e torna-o melhor. O Gonçalo Diniz também tem um personagem horroroso, mas está perfeito no papel. O Diogo Morgado já acordava para a vida e largava as novelas, porque o homem de facto tem talento. A Ana Guiomar está no pior que já lhe vi (se bem que só a vi em dois outros papéis, mas pronto) e a Diana Chaves está no melhor que já lhe vi. Ela agora de facto parece-se remotamente com uma actriz!xD Plus, ela é muito boa a fazer naughty, sexy, mischievous looks. =P

MJNuts