Sunday, December 23, 2007

Enchanted

Toda a gente sabe que o Natal é altura propícia para certos e determinados tipos de filmes saltarem cá para fora e fazerem os papás desembolsarem trocos. Papás e não só. Logo, Dezembro é mês de filmes de animação e de filmes de fantasia e de filmes natalícios. Dezembro também costuma ser um mês em que as obras do Tim Burton dão sinais de vida, mas diz que parece que Sweeney Todd - The Demon Barber of Fleet Street foi atirado para os confins de Janeiro. Enfim...

Seja como for, Dezembro até costuma dar frutos simpáticos no que diz respeito a qualidade cinematográfica. E por isso mesmo vos venho falar deste Enchanted de Kevin Lima.

Saído dos estúdios Disney, eu não esperava grande coisa, porque desde o Tarzan do longínquo 2000 que não espero grande coisa (e sim, Finding Nemo é giríssimo e o Monsters,Inc. é uma delícia, mas... e o sentimento Disney, onde está?). Só que Enchanted é, efectivamente, alguma coisa. Alguma coisa de qualidade.

O filme começa em formato de animação... Animação sabem como? Tradicional! Opah, que quase chorava só de ver aqueles bonequinhos bidimensionais e tão bonitos!


Mas a animação tradicional deve dar muito trabalho, que rapidamente os bonecos se atiram para um poço e vão dar à realista New York dos tempos modernos. Sem problema. Nunca eu tão pouco me importei de ver uma princesa em imagem real. Long live Amy Adams!

Resumindo, Enchanted conta a história de uma princesa como tantas outras. Rodeada de animaizinhos, a viver meio exilada algures numa humilde casa, com uma linda voz que usa para os mais convenientes meios... Princesa essa que sonha com o seu príncipe encantado e o seu casamento de sonho...

O princípe duvidosamente encantado lá aparece e o casamento fica logo marcado para o dia seguinte. Mas a madrasta é, como sempre, evil (depois admiram-se dos complexos pseudo-parentais das crianças...) e livra-se da futura nora assim que pode. Atirando-a para o tal poço nova iorquino, portanto.

E é desta forma que tão brilhantemente vamos parar às ruas badalhocas, yet glamourosas, da Grande Maçã (mas como raio é que lhe foram dar este... erm... cognome?). Aqui somos introduzidos ao sempre McDreamy personagem de Patrick Dempsey, um pai solteiro. Ele é o único que trata a recém-real princesa Giselle com simpatia e acaba por hospedá-la em sua casa, enquanto ela aguarda a chegada do seu príncipe para a resgatar dos incidentes deste nosso mundo.

O príncipe vem acompanhado de um esquilo que, em imagem real, perde a capacidade de verbalização, o que dá origem a situações hilariantes. O príncipe em si não é exactamente o que me vem à mente quando penso em príncipes e encantos... Mas James Marsden é sempre algo bonito de se ver e está muito bem no papel.


Isto é o resumo. Assim em detalhe, digamos que Enchanted é o filme que faz sentir aquele quente confortável dos grandes clássicos Disney. Traz aquele sorriso e aquele sabor a infância e magia de A Bela e o Monstro ou de A Pequena Sereia. Amy Adams é assim a coisa mais fofa de sempre e imita perfeitamente os jeitos e traquejos das princesas encantadas dos contos de fadas. Conforme os minutos vão passando, vários clássicos Disney vão sendo homenageados, às vezes com um toque de humor, em pormenores subtis ou em referências mais óbvias. Melhor ainda, Enchanted marca o regresso das canções Disney! Leram bem: as canções! Aquelas que decorámos na infância e ainda hoje trauteamos! E olhem que são bem giras! Segue a amostra!


Façam o que fizerem, tentem não perder o filme. É uma lufada de ar fresco para quem já suspirava por aquela essência de fantasia que nos ensinou a crescer...

MJNuts

4 comments:

Mia said...

"Amy Adams é assim a coisa mais fofa de sempre" lol diz k sim, k o filme é pra se ver ;)
bjos

Uma Pessoa said...

aahh vivam os seres suspirantes que vestem vestidos demasiadamente desconfortaveis pra ser verdade..

e para todos os bichinhos nos esgotos e sobreviventes arvores desta cidade.. um AAAHHH AAAAAAHHHH AAAAAAAAAAHHHHHH bem encantador com os respectivos gestos dramaticos a acompanhar.

e agora venha uma cerveja, pornografia e/ou um joguito bem viral de futebol.

barb michelen said...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Nurse Popcorn said...

ai a magia da disney (suponho que já tenhas visto o video do espiritismo, bruxaria, pornografia e... disney?! é de partir o côco a rir. continuando) sempre adorei os filmes da disney e só por causa deste post vou vê-lo já já. beijo grande mary. hugz pipoca